Outubro'20
Association of Biomarker Cutoffs and Endoscopic Outcomes in Crohn’s Disease: A Post Hoc Analysis From the CALM Study
Walter Reinisch, Remo Panaccione, Peter Bossuyt, Filip Baert, Alessandro Armuzzi, Xavier Hébuterne, Simon Travis, Silvio Danese, William J Sandborn, Stefan Schreiber, Sofie Berg, Qian Zhou, Kristina Kligys, Ezequiel Neimark, Ahmed A Suleiman, Geert D'Haens, Jean-Frederic Colombel.
Inflamm Bowel Dis. 2020 Sep 18;26(10):1562-1571. doi: 10.1093/ibd/izaa025. PMID: 32105310; PMCID: PMC7500520.




Highlights do Artigo

  • A calprotectina fecal foi o principal responsável pela decisão de escalonamento no grupo tight-control;
  • Um valor de calprotectina fecal <250 ug/g associou-se a maior probabilidade de remissão e resposta endoscópica, independentemente da localização da doença;
  • Limitações: 26% dos doentes foram incorrectamente classificados como estando em remissão endoscópica com base neste cut-off;
  • Estes resultados suportam a utilização da calprotectina fecal como marcador de atividade endoscópica na Doença de Crohn.




Se pretender os artigos, contacte-nos.
 
©2020 GEDII - Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal | Todos os direitos reservados | Links úteis | Termos e condiçoes
Desenvolvido por DogmaSis